O que faz uma solução de iluminação LED industrial ou empresarial ser melhor do que a outra?

 

Como as empresas especialistas avaliam as especificações de um projeto para construí-lo da melhor maneira possível?

 

Não há muita diferença pois a receita do bolo é a conhecida: pedir o DWG do projeto elétrico, ir pessoalmente ao local para confrontar  as informações do projeto com a realidade, contar a quantidade de pontos de iluminação, valor do kWh, potência de cada ponto, dias e horas de funcionamento.

Com essas informações os projetistas e especialistas conseguem calcular os indicadores financeiros, mostrar em quanto tempo o investimento se paga (o cálculo não é nada complexo) e criar as melhores simulações luminotécnicas em softwares 3D baseadas em norma NBR para cada ambiente. O desdobramento da apresentação é mero capricho no Power Point para organizar gráficos e tabelas (não é necessário estender sobre a importância da higiene, didática e confiança dos dados em qualquer apresentação).

Produtos são similares, potências parecidas, mesmas eficiências luminosas, garantias iguais, carcaças focadas para performar. Preço é importante? Sim. Bairrismo é importante? Em muitos casos essa conveniência importa, ainda mais em um mercado com poucas portarias e concorrência de produtos estrangeiros sem procedência. Hoje a informação é rápida e acessível a todos e é fácil comparar produtos e projetos.

Então voltamos à pergunta original:

O que diferencia uma solução LED da outra?

Na Cold LED, quando falamos em solução, a nossa preocupação vai além da melhor iluminação. Queremos entender a dor do cliente; o que, onde e como conseguimos resolver com os nossos produtos e soluções, proprietárias ou não. Em algumas indústrias a escolha pelo LED não gira em torno apenas da economia pois há um problema de segurança para se resolver. Em outras empresas estar em conformidade com normas ISO e auditorias é essencial, e é lá que temos de entender e priorizar. Em outras o apelo humano através de Fundações e Institutos é o mais importante e a aderência a esses valores encantam muito mais do que os projetos luminotécnicos.

Conhecer as características técnicas, a vida útil, a luminosidade, potência, garantia, selos de qualidade e a origem da fabricação das lâmpadas e luminárias são muito importantes. Mas nada substitui pensar fora da caixa e a expertise em fazermos aquela meia dúzia de perguntas chave que vai de encontro com as preocupações do cliente e torna essa orientação de valor essencial para se diferenciar. Nossos clientes são mais do que cases de sucesso porque cada projeto, muito mais do que uma venda de luminárias, foi uma história construída com base em confiança, entendimento e entrega. 

Geração de valor é um processo contínuo. Como funciona isso em uma tecnologia que apesar de não parar de evoluir tem 5-10 anos de garantia e vida útil que pode passar de 20 anos? Contaremos o nosso segredo com detalhes no próximo post! 😉

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Contribua com a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *